Resenha: Sob os Olhos do Delírio, Fábio de Andrade

Sob os Olhos do Delírio
Autor: Fábio de Andrade
Editora: E-book
Páginas: 26
Ano: 2017
Gênero: Ficção, Literatura Brasileira
Classificação: ⭐⭐⭐

O que um senhor solitário assistindo uma garotinha sendo dilacerada por um demônio saltitante, um velho apaixonado e Nikolai, o enfermeiro do hospício Muskov, têm em comum?
Nessa antologia, Fábio de Andrade afoga seus leitores em um mar de agonia enquanto os três infelizes protagonistas só conseguem distinguir a vida da morte enquanto o delírio não tiver consumido por completo seus corpos. Dilemas de desespero, amor e horror são expostos da forma mais simples e poética da palavra, trazendo três situações em que ele deixa na mão do leitor decidir: A tristeza é causa ou consequência? Deixem que José de Alencar, o enfermeiro Nikolai e o velho marido de Lúcia lhe mostrem o real significado da melancolia em momentos que convergem no sentimento mais antigo e verdadeiro que a raça humana possui: o medo.

Olá leitores, hoje eu vim falar de uma obra, na verdade uma antologia que recebi a alguns dias do autor Fabio de Andrade. Essa obra contem três contos curtinhos, mas que foram tão bem escritos que só posso parabenizar o autor. Como todos meus amados caóticos já sabem obras de ficção não são minha praia, mas devo dizer que o Fábio me surpreendeu ele soube construir suas histórias com muita inspiração.

(…) o ser humano apenas toma decisões erradas quando as corretas são óbvias.

O autor nos apresenta a três protagonistas, o senhor José de Alencar, que presenciou algo tão terrível que foi impossível de esquecer, Alfredo, um velho apaixonado e Nikolai, o enfermeiro do hospício Muscov. Com eles você mergulha entre a loucura e a insanidade, entre o desespero e a saudade. É incrível como o autor consegue fazer-nos experimentar algo assim em poucas páginas. Juro que se o Fábio tivesse se aprofundado mais e desenvolvido mais ainda esses contos eu passaria horas lendo, mergulhando nessa mistura de melancolia e medo.

Foi então que percebi que a loucura e a paixão são duas irmãs egocêntricas. 

Fábio de Andrade sabe ser envolvente, me cativou por completo ao descrever cada situação em detalhes, colocando seus personagens em situações tensas, apavorantes e muitas delas delirantes. Ele nos mostra como o ser humano pode ser dominado pelo medo mergulhando em seus delírios, chegando a ser impossível distinguir entre a realidade e a insanidade.

WhatsApp Image 2018-05-17 at 01.58.03 (2)

Foi uma experiência nova e interessante fiquei com gostinho de quero mais.

Contos da Antologia:

  • O Horrível fim de José de Alencar
  • Em casa
  • Obmen 01

caos png

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s