Resenha: Resgatada pelo Lobo, Flávia Cunha

Foto 10-12-2017 15 09 21

Resgatada pelo Lobo
Série: Lobos de Springville – O Início #2
Autor: Flávia Cunha
Editora: Independente
Páginas: 145
Ano: 2016
Gênero: Ficção, fantasia
Classificação:⭐⭐⭐⭐

Depois de um período sombrio marcado por uma onda de loucura e pelo sangue de inocentes, uma nova liderança assume matilha. Agora o Clã dos Lobos está instalado em Springville, Texas. E a matilha vive em “Lone Wolf”, um lugar seguro e confortável para aqueles que desejaram seguir com o novo Alfa, Hunter Lonewolf. Grace Sullivan está em busca de um novo emprego e uma nova oportunidade de recomeçar em outro lugar… e acabou caindo em uma armadilha. E então um homem maravilhoso a salvou e transformou a sua vida. Aidan Wild é um dos melhores amigos do Alfa e se preocupa, assim como ele, com o futuro da matilha. Ao ajudar uma jovem em apuros, ele não tem ideia de que está frente a frente com a sua companheira. Afinal, Grace Sullivan é humana! Essa incrível descoberta renova as esperanças de futuro, mas traz o medo de uma nova onda de loucura. Além disso, como Grace reagiria ao descobrir que foi resgatada por um lobo?

Esse livro foi um dos meu tesouros adquiridos na IV Bienal de Itabaiana de 2017, assim que o vi eu decidi que tinha de leva-lo. Como vocês já sabem romances sobrenaturais sempre fazem parte das minhas leituras, eu realmente não resisto a um vampiro ou a um lobo, sou apaixonada por livros que envolvem criaturas sobrenaturais. Então lá estava eu com esse tesouro em mãos, com um enredo magnifico mas escrito por uma autora brasileira, isso me deixou um pouco receosa, pois são pouquíssimos autores que são capazes de levar o leitor pra dentro do livro, torna-lo parte da história, sem falar que esse era o segundo livro da série. E vamos ser sinceros ninguém gosta de começar um livro sem ler os anteriores.

“— Eu sonhei com o dia em que encontraria minha companheira. 
Mas eu nunca imaginei que poderia amar alguém da maneira que eu te amo. 
— encostou sua testa a dela. — É minha vida Grace. Eu não existo sem você…”

Mas a própria Flávia Cunha, autora do livro, que é um amor de pessoa, me disse que não tem problemas em começar a ler a série com Resgatada pelo Lobo, pois esse livro conta o início de tudo. O que devo dizer me deixou ainda mais curiosa sobre o primeiro livro, Escolhida pelo Lobo.

Enfim… se você ainda não leu a série e tem interesse, comece a leitura pelo segundo livro publicado, para não ficar perdido.

Há anos os Clãs dos lobos tem sofrido com uma onda de loucura, sem falar na escassez de suas fêmeas, por isso eles tentam buscar uma forma de não serem extintos. Todas as opções tentadas foram um fracasso. Com isso o novo Alfa Hunter Lonewolf, leva o bando para uma reserva particular em Springville, Texas.

Um dia, Aidan Wild, um dos melhores amigos do Alfa e administrador da reserva, se depara com uma jovem em apuros. E ao ajuda-la das garras de seus estupradores, ele só tem uma certeza, de que a mulher em seus braços é sua companheira de alma. Mas Grace Sullivan é humana! Como ela reagirá ao descobrir que foi resgatada por um lobo? A chegada de Grace renova as esperança para os lobos de Lone Wolf.

O livro tem cenas emocionantes do começo ao fim. Eu sofri junto com a Grace, imagine ser colocada em uma situação onde você é completamente impotente, lutar e nada adiantar, cercada por monstros, porque aqueles que subjugam outro ser humano, em vontade própria nós chamamos de monstros.

Uma vez minha mãe me perguntou porque eu gostava tanto dessas criaturas sobrenaturais?  E eu disse a ela, que essas criaturas atacam por duas opções, uma é a fome a outra defesa. Já o homem é cruel porque gosta, por puro prazer.

Depois das minhas divagações voltamos a Grace, tomada de terror, cercada por dois homens armados sendo levada para um matagal, em um lugar onde ninguém poderia ouvir seus gritos, prestes a ser abusada e provavelmente morta, então, aparece Aidan, que apenas passava pelo local e que ao ouvir seus gritos veio ao resgate…

E como um milagre ele encontra naquela frágil humana sua alma gêmea, sua outra metade. Aidan é tão maravilho, cheio de amor e carinho, é tocante. Sem falar que o amei ainda mais pelo seus rosnados possessivos, rsrsr. Sério quem não quer alguém que diga que você é dele e de mais ninguém, é muito fofo. E gente eu devo dizer que amei a Grace, ela é forte e inteligente um doce de pessoa. Conquistando a todos.

Também tem várias outras coisas acontecendo no desenrolar da história, tramas que vão além da magia comum dos lobos, magias ainda mais obscuras que a própria noite. Sem falar nos outros personagens que são tão fofos que dá vontade de morder, como Hunter, sua irmã Lucy e o Logan.

Hummm… O que dizer do livro?

Bem o livro tem uma leitura leve e fácil, sem falar que é e bem direta, sem muita enrolação, mais achava que precisava de mais cenas entre Aidan e Grace mostrando o desenrolar da relação, apesar que o romance do casal não era o foco do livro. É um livro curto mais cheio de mistérios e uma trama ainda intrincada, o que o torna envolvente, é um excelente livro, o bastante para se tornar interessante e de qualidade. Devorei o livro em pouco tempo, sem pausas para lance, rsrsrs

Devo dizer que a autora estar de parabéns, é um livro fabuloso, não vejo a hora de adquirir o primeiro volume da série, Escolhida pelo Lobo. E o terceiro volume, Protegida pelo Lobo.

Foto 05-12-2017 02 00 10

 

caos png

Anúncios